O que você precisa saber antes de fazer um investimento para a empresa
Gestão Financeira

O que você precisa saber antes de fazer um investimento para a empresa

Escrito por BCN Treinamentos

Toda empresa precisa, em algum momento, melhorar suas condições para continuar crescendo. Os setores necessitam de melhorias a fim de conquistarem uma maior fatia do mercado, destacarem-se, superarem os concorrentes, abrangerem outras atuações, melhorar a produtividade, dentre outras vantagens.

Para isso, é importante fazer um investimento que permita realizar essas melhorias a curto e a longo prazo, tornando o negócio mais competitivo e interessante. Mas, quais as melhores formas de obtenção do capital? Como investir? E como mensurar se o resultado foi positivo ou não?

Continue lendo este post e tire as principais dúvidas sobre este assunto!

Como conseguir um investimento para a empresa?

Uma das principais dúvidas sobre como fazer um investimento é a maneira de obter o valor necessário. Isto porque há diversas formas de obter a quantia avaliada para realizar as mudanças propostas.

As maneiras mais utilizadas para conseguir esses valores são as seguintes:

Peça um empréstimo

Bancos e financiadoras têm, normalmente, concessões de créditos especiais para empresas realizarem investimentos com condições de pagamentos diferenciadas. Porém, é importante, caso escolha essa opção, realizar um planejamento minucioso, a fim de conseguir melhores taxas na solicitação.

Encontre um investidor-anjo

Um investidor-anjo é uma pessoa física que direciona investimentos de seus próprios fundos (normalmente de 5% a 10% de seu patrimônio) para surgimento, crescimento e aceleração de empresas e startups. Para obter sucesso, é importante que você leve ao conhecimento dele um planejamento consistente do investimento a ser realizado, de forma que ele possa sentir segurança que seu capital será utilizado adequadamente.

Utilize reservas financeiras

Muitas empresas têm reservas financeiras dedicadas justamente a investimentos e/ou contenção de crises, caso ocorram. Após um estudo, a fim de verificar a estabilidade financeira do negócio, pode-se utilizar esse fundo para a realização das melhorias estipuladas pelos gestores.

Considere o crowdfunding

Uma opção, principalmente se a ideia for o lançamento de um novo produto que poderá revolucionar o mercado para um público-alvo específico, é o crowdfunding. Por meio da publicação em plataformas especializadas e divulgação adequada, qualquer pessoa que apoie o projeto poderá contribuir com algum valor e receber alguma recompensa pelo apoio.

Quais áreas devem ser investidas na empresa?

A partir da obtenção da verba para investimento, é hora de avaliar quais são os setores que necessitam e/ou que se beneficiariam nesse processo. Conheça as principais possibilidades:

Infraestrutura

A melhoria de infraestrutura está ligada a requisitos básicos necessários para o pleno funcionamento da empresa, cuja melhoria poderá auxiliar a potencializar resultados, alavancar o crescimento da produção e melhorar processos nas rotinas de trabalho.

Estão no rol de pontos que podem ser potencializados:

  • abertura de novas sedes/filiais;
  • expansão do espaço da organização;
  • compra de novos equipamentos para aumentar a produção;
  • troca de equipamentos antigos;
  • renovação da frota de veículos;
  • compra de novos produtos advindos de novos fornecedores;
  • troca da sede para um espaço maior.

Tecnologia

Muitas vezes, a compra de novas tecnologias para potencializar a produção pode ser custosa, o que torna necessário obter um investimento alto para sua compra.

Esse tipo de aquisição ajuda na modernização da empresa, auxiliando a melhorar a qualidade do produto, a otimizar o tempo de produção, a diminuir os insumos necessários. Além do mais, permite melhorias na forma do produto e oferece maior conforto aos funcionários que trabalham nesse setor, entre outras vantagens.

A compra de tecnologia também é importante para os setores burocráticos e para a prestação de serviços. Compra de softwares, por exemplo, estão inclusas nessa categoria.

Expansão da área de atuação

Fazer um investimento para expandir a área de atuação também é uma boa estratégia para o crescimento da empresa. Quer ver um exemplo prático?

Uma empresa que trabalha com a produção de produtos capilares pode ser beneficiada ao lançar uma linha de cosméticos para a pele, garantindo uma nova fonte de rendimento no mercado e potencializando sua imagem perante o público-alvo.

Capital humano

Outro foco de investimento bastante interessante é o capital humano. E isso pode ser feito por meio de dois principais modos:

  • contratação de especialistas em determinadas áreas de atuação e ampliação do quadro de funcionários;
  • treinamento e melhoria da qualificação profissional que permita a otimização do trabalho, bem como o alinhamento das equipes com a cultura da empresa.

Ambas são opções interessantes, porém, esta última é fundamental para que seus colaboradores possam estar sempre em contato com o que há de melhor e mais moderno em suas áreas de atuação. Isso garante que serão realizadas as melhores práticas no ambiente da corporação.

Como calcular a rentabilidade do investimento feito na empresa?

Apenas fazer um investimento não é suficiente. É necessário avaliar se houve retorno real diante dos esforços realizados para a melhoria da organização. Mas, como mensurar isso?

Um dos cálculos mais comuns e que mensuram coerentemente é o Return Over Investment (ROI) — ou, retorno sobre Investimento —, obtido da seguinte forma: ROI = (receita – custo/ custo) x 100.

Ou seja, você vai calcular todo o valor de vendas a partir do investimento. Se, por exemplo, você lançou um novo produto, calculará a rentabilidade das vendas dele. Caso tenha investido em treinamento de pessoas, calculará o valor total de rentabilidade das vendas após o oferecimento do curso. Essa cifra será o valor de receita.

Depois será necessário mensurar os custos. Enquadram-se nessa categoria todas as despesas que viabilizaram o investimento. Seguindo o exemplo anterior, no caso de novo produto, todos os custos com compra de tecnologias, gastos com insumos, embalagens, etc. Para o treinamento, o valor de custo do curso.

Aplique as quantias nas fórmulas que apresentamos anteriormente. Com isso, você saberá qual o retorno que teve sobre o investimento realizado. Assim, é possível avaliar se há a necessidade de otimizar outros setores, se é necessário rever a estratégia e, principalmente, verificar se houve perda de dinheiro nesse processo.

Com essas, dicas você consegue realizar um planejamento consistente para fazer um investimento seguro, eficiente e que trará retornos significativos para seu negócio. Quer mais dicas de como alavancar a empresa? Assine nossa newsletter e receba diretamente em seu e-mail.

Powered by Rock Convert

Sobre o autor

BCN Treinamentos

1 comentário

Deixar comentário.

Share This