Gestão Financeira

Tudo que você precisa saber para investir na capacitação profissional da sua equipe

Com o mercado cada vez mais competitivo, conseguir destacar-se e potencializar seus resultados têm se tornado mais do que importante: é questão de sobrevivência. Assim, gestores devem se certificar de que estão tomando todas as medidas necessárias para melhorar e expandir o negócio.

E um dos pontos essenciais para conseguir manter-se bem colocado em determinado setor de atuação é investir na capacitação profissional dos colaboradores. Continue lendo e veja tudo o que é necessário para realizá-la de modo eficiente, melhorando a qualidade técnica de uma equipe.

Quais os benefícios de investir na capacitação da equipe?

Em primeiro lugar, é essencial ter consciência da importância do investimento em qualificação profissional das mais diversas equipes de uma empresa e como isso pode trazer retornos positivos em curto e longo prazo. Entre os principais deles, estão:

Motivação

Novos conhecimentos são sempre estimulantes para as equipes de trabalho — principalmente quando a capacitação agrega positivamente e de forma direta nas funções exercidas pelos colaboradores. Eles se sentem mais estimulados a colocarem em prática o que aprenderam.

Além disso, os funcionários tendem a se sentir mais valorizados pela empresa, o que melhora a relação de cada um com o ambiente de trabalho. Isso também funciona como uma forma de motivação a curto e longo prazo.

A motivação do time é um componente essencial para a obtenção do sucesso empresarial, assim como para melhorar o clima organizacional.

Retenção de talentos

A capacitação profissional é um dos mais importantes itens para evitar o turnover, que é bastante prejudicial para a organização. Profissionais que passam por treinamentos, como falamos, tendem a se sentir mais valorizados e, portanto, nutrem um sentimento de lealdade e confiança com o local de trabalho.

Além disso, melhorar a dedicação do colaborador no exercício de suas funções também leva a um desejo de agregar positivamente à empresa, ajudando em seu crescimento. Consequentemente, ele tende a permanecer no emprego, o que evita prejuízos e problemas com saídas constantes de membros do time.

Uma outra medida é investir nos benefícios empresariais que podem ser oferecidos aos seus colaboradores. Uma das soluções é procurar por bons planos de saúde e planos odontológicos. Essas medidas farão com que os seus funcionários se sintam mais seguros e motivados a permanecerem no emprego, o que terá impacto direto na redução do turnover da sua empresa.

Melhora na produtividade

Em primeiro lugar, o treinamento dos profissionais faz com que eles disponham de novos conhecimentos, que os levarão a melhorar sua performance profissional no dia a dia (seja de forma individual, seja na equipe como um todo).

Além disso, como falamos, a motivação gerada pela sensação de valorização é um catalisador importante para melhorar a produtividade do funcionário. Ele tende a “dar o sangue” para lugares que reconheçam seu valor e, assim, entrega resultados melhores e com menos erros, diminuindo o tempo de revisão de trabalhos.

Redução de gastos

O investimento em treinamentos permite uma redução de gastos. Isso é ainda mais nítido se considerarmos que, com um domínio de ferramentas de trabalho mais eficiente, o colaborador conseguirá exercer seu trabalho com maior agilidade.

Quer ver um exemplo simples de como a capacitação gera redução de gastos? Pense no setor financeiro exercendo determinadas funções de forma manual. Os funcionários demorarão um tempo X para o cumprimento das tarefas. Mas, com o domínio de ferramentas como o Excel, poderão encurtar o prazo de realização.

A partir do momento em que podem ser realizadas mais tarefas em um mesmo tempo de expediente, gera-se redução de gastos. Proporcionalmente, cada atividade concluída demandou um valor menor de investimento por hora para sua execução.

Assim, fica claro o quanto a capacitação profissional (bem como a adoção de práticas mais atuais e otimizadas no espaço de trabalho) representa, de fato, um investimento na empresa.

Diferencial competitivo

A excelência e a qualidade na realização das funções conduzem a um importante diferencial competitivo no mercado. Ao investir em capacitação profissional, você está direcionando esforços para que os funcionários entreguem trabalhos de forma otimizada, com melhor qualidade e em um menor tempo.

Isso representa uma vantagem importante perante os concorrentes, que podem não ter a mesma eficiência. Além disso, a valorização dos profissionais torna-se, cada vez mais, um diferencial importante na hora de alguns clientes escolherem as empresas com as quais realizarão suas aquisições, contratações ou parcerias.

Como realizar a capacitação profissional dos colaboradores?

Agora que você conhece as principais vantagens de investir no treinamento e na melhoria dos conhecimentos dos colaboradores, deve estar se perguntando: ok, mas como fazer isso da melhor forma?

Afinal, o simples investimento em cursos não basta. É necessário que o conteúdo ministrado de fato agregue positivamente às rotinas da empresa e acrescente valor para os funcionários.

Confira, a seguir, os passos principais para realizar esse investimento da melhor forma.

Identifique quais são as principais demandas de cada setor

Em primeiro lugar, é necessário conhecer bem a demanda de cada setor para a otimização das rotinas. Realize um diagnóstico de quais departamentos estão com gargalos de produtividade e verifique o que está atrapalhando o desenvolvimento das funções.

Retornemos ao exemplo da área financeira. Pode-se perceber que a realização de atividades de forma manual está prejudicando o cumprimento das metas da equipe. A partir disso, você pode pesquisar o que há de novidade no mercado que possa ser passado aos colaboradores, de forma a resolver essa questão.

Pesquise por empresas especializadas

Após identificar as demandas por novos conhecimentos de cada setor, é hora de prospectar empresas especializadas em capacitação profissional que sejam capazes de ministrar o curso para os funcionários.

Mais à frente, explicaremos mais detalhadamente como encontrar as melhores companhias. Mas é essencial ter em mente que esta escolha é estratégica para, de fato, conquistar resultados positivos a longo prazo com os conhecimentos que serão repassados durante o treinamento.

Encontre a metodologia que tenha o melhor custo-benefício para a empresa

Também é preciso escolher a metodologia que será aplicada na realização da capacitação. Hoje, há três tipos principais no mercado:

  • presencial, no espaço da responsável pelo curso;
  • ensino a distância (EaD);
  • cursos in-company, ministrados na própria empresa.

Como escolher uma empresa terceirizada?

A escolha pela empresa que vai preparar e ministrar o curso é essencial e estratégica. Como falamos, se os conhecimentos não forem de qualidade, pouco agregarão aos colaboradores e aos processos da organização. Confira algumas dicas que ajudarão na prospecção:

  • pesquise a reputação da companhia em sites de reclamações e em suas respectivas redes sociais;
  • converse com ex-alunos e peça opiniões sobre o que aprenderam durante o treinamento;
  • verifique o currículo dos responsáveis pelo curso, a fim de confirmar se têm domínio sobre o assunto que vão abordar;
  • confira se a empresa dispõe de um canal aberto para resolver as dúvidas que os gestores possam ter sobre os cursos;
  • cheque se o conteúdo programático é atualizado constantemente, garantindo que os materiais contenham o que há de melhor no mercado hoje.

Seguindo nossas dicas, é possível fazer a melhor escolha. Assim, o investimento na capacitação profissional será capaz de gerar, de fato, resultados positivos para a organização.

Interessou-se pelo tema? Então, aproveite a inspiração e aprenda como a qualificação profissional é a chave para o sucesso do gestor financeiro!

Sobre o autor

BCN Treinamentos

Deixar comentário.

Pin It on Pinterest

Share This