Conheça as principais rotinas do setor financeiro
Gestão Financeira

Conheça as principais rotinas do setor financeiro

Escrito por BCN Treinamentos

Não importa o tamanho da empresa, se de pequeno, médio ou grande porte, ela precisa ter um setor financeiro organizado e capacitado. Afinal, é dele a responsabilidade pelo controle das finanças da empresa e, se mal gerido, pode acarretar até mesmo a falência do negócio. E para poder realizar todas as ações de maneira correta e sem imprevistos é fundamental conhecer as principais rotinas do setor financeiro da empresa.

Pensando nisso, elaboramos este post descrevendo as principais rotinas do setor financeiro que são comuns a maioria das empresas. Acompanhe!

A importância do setor financeiro da empresa

O principal objetivo do setor financeiro é encontrar soluções para captar recursos e as melhores soluções para aplicar o capital, evitando gastos desnecessários e gerenciando as finanças da melhor forma possível.

Tudo que é realizado na corporação depende do setor financeiro como, por exemplo:

  • Liberação de verba para a compra de ativos;
  • Investimentos em ferramentas de otimização dos setores da empresa;
  • Pagamento de fornecedores;
  • Contratação de serviço terceirizado para resolver pendências em algum setor;
  • Investimento em cursos de especialização e treinamentos para funcionários;
  • Realocação de verba para sanar alguma crise existente e que poderá comprometer os rendimentos do negócio.

Por isso, é essencial que essa área esteja funcionando não só harmoniosamente e de forma otimizada,  a fim de garantir não só que as questões sejam resolvidas rapidamente quando surgirem, mas para que ela possa pensar em estratégias inteligentes que podem alavancar a rentabilidade mensal.

O setor financeiro é de vital importância para qualquer tipo de negócio e, quando ele funciona bem, os demais setores possuem liberdade para atuar de forma independente e eficiente. Mas, quando ele vai mal, toda a estrutura da empresa fica comprometida, podendo causar prejuízos inestimáveis ou mesmo a falência do negócio.

A estrutura, as tarefas do setor financeiro e quantos profissionais farão parte dessa equipe  depende diretamente do tamanho da empresa. No entanto, não importa o tamanho, para que se acompanhar de perto e continuamente os dados financeiros da empresa, é imprescindível que se observe as principais rotinas financeiras.

Vejamos agora, nos próximos itens, quais são as principais rotinas do setor financeiro.

Principais rotinas do setor financeiro

Gestão de contas a pagar e receber

A mais importante das rotinas do setor financeiro, afinal todas as movimentações financeiras realizadas na sua empresa precisam ser controladas, devidamente documentadas e registradas.

A gestão de contas a pagar controla o dinheiro que a empresa precisa pagar aos colaboradores, impostos, fornecedores, etc,  evitando o esquecimento de algum pagamento e a consequentemente multa ou outra sanção devido ao atraso.

Esse controle é simples e deve seguir os seguintes passos:

  1. Conferência e aprovação do pagamento realizada pelo setor de origem da despesa;
  2. Cadastramento, agendamento e controle dos prazos e valores para pagamento;
  3. Autorização e efetivação do pagamento;
  4. Conciliação e baixa do pagamento.

Já a gestão de contas a receber controla os créditos a receber e confere se os clientes da empresa quitaram suas obrigações em dia, garantindo assim um fluxo de caixa saudável com a entrada de todos os valores previstos para determinado período.

Para gerenciar de maneira eficiente as contas a receber, o setor financeiro deve cadastrar três “tipos” de contas:

  1. Contas provisionadas:aquelas onde são estimados seus prazos e  valores a receber com base nos dados históricos e metas da empresa.
  2. Contas previstas: estimadas com base em documentos, ou seja, em títulos a receber;
  3. Contas recebidas: pagamentos já realizados e confirmados na conta bancária da empresa.

Uma eficiente gestão de contas a receber auxilia o setor de cobrança, além de deixar o empresário tranquilo, pois  ele tem o controle da entrada de dinheiro, vital para sobrevivência de qualquer negócio. Uma empresa deve sempre saber quais são as contas vencidas e que não foram pagas.

Tesouraria

Responsável pelo controle do fluxo de caixa, a tesouraria realiza diariamente o controle de entrada e saída de valores das contas bancárias da empresa. Ela verifica  todos os recursos e movimentações realizadas, contribuindo assim para uma tomada de decisão mais assertiva.

Contabilidade

Entre as rotinas do setor financeiro, a contabilidade se destaca por ser a responsável pelas tarefas relacionadas às variáveis do patrimônio da empresa. Ou seja, ela deve controlar os ativos da empresa, seus estoques, equipamentos, dinheiro, imóveis e móveis, etc, e seus passivos, tais como as dívidas e contas que ainda não venceram.

É a contabilidade, a partir da relação entre o ativo e o passivo, que pode afirmar se a empresa  teve lucro ou prejuízo. E, por essa razão que seus registros são de extrema importância para os gestores da empresa, oferecendo dados confiáveis para a tomada de decisão sempre que essa tiver dinheiro envolvido.

Planejamento financeiro

Planejamento financeiro é a chave para o sucesso de qualquer negócio, pois é ele que determina quais serão as estratégias e meios para atingir os objetivos da empresa e para  resolver os problemas que surgirem.

Sua equipe traça as metas para o futuro da empresa com base nos dados financeiros apresentados pela contabilidade, identificando oportunidades e quais os recursos podem ser utilizados para que a empresa cresça de forma saudável.

Gestão dos impostos

A gestão dos impostos é responsável pelo cálculo dos impostos que devem ser pagos pela empresa e pelo cumprimento das exigências tributárias, quando não existe uma área fiscal própria.

É responsabilidade também da gestão dos impostos, com o auxílio do jurídico quando necessário, identificar o regime tributário que seja mais favorável para a empresa, evitando assim o pagamento de impostos indevidos.

Gestão de riscos

Outra rotina financeira importante é a gestão de riscos. Aqui, uma equipe capacitada fica responsável por avaliar os riscos de mercado, de crédito, de câmbio, ou qualquer outra variável econômica que poderá impactar de forma direta as operações da empresa.  

Uma gestão de riscos eficiente é aquela que tem competência para antecipar os problemas para que a empresa tenha tempo hábil para se preparar de forma efetiva e assim, reduzir o impacto ou até mesmo evitar que ela afetada pelos oscilações do mercado.

Auditoria

Por fim, é preciso também que exista uma auditoria permanente, revisando e avaliando as finanças. Isso é fundamental para que o setor financeiro se mostre organizado e transparente,  proporcionando credibilidade aos relatórios financeiros, facilitando a captação de investidores, bem como ajudando os gestores a evitar imprevistos indesejados.

Gostou de saber um pouco mais sobre as principais rotinas do setor financeiro? Este artigo foi útil para você? Então, aproveite para deixar seu comentário e assinar a nossa newsletter para que você  receba mais informações úteis para a sua carreira!

Sobre o autor

BCN Treinamentos

Deixar comentário.

Share This