Giro do ativo - descubra o que é esse indicador e como calculá-lo?
Gestão Financeira

Giro do ativo – descubra o que é esse indicador e como calculá-lo?

giro-do-ativo

No mundo dos negócios vários indicadores podem ser utilizados para mensurar o desempenho de uma empresa. Um desses indicadores é o giro do ativo (GA) que mostra se os ativos da empresa estão sendo utilizados eficientemente para gerar receita.

Neste artigo, você entenderá um pouco mais sobre giro do ativo e como calculá-lo. Continue lendo e descubra, entre outras coisas, por que o giro do ativo é um dado significativo para avaliar o crescimento de um negócio e realizar a análise fundamentalista de empresas da Bolsa de Valores.

Veja também:

Conheça 9 indicadores que você precisa conhecer

O que é giro do ativo (GA)?

Como o próprio nome sugere, o giro do ativo é um indicador financeiro que utiliza os ativos da companhia como base de cálculo dessa métrica. Mas você sabe exatamente o que são ativos?

Os ativos são os bens e direitos de uma empresa. Basicamente, tudo o que pode gerar riquezas na companhia, direta ou indiretamente, e lhe pertence, é um ativo. Por exemplo:

  • máquinas;
  • estoques;
  • veículos;
  • móveis;
  • materiais de escritório;
  • terrenos;
  • posses imateriais.

Um depósito de sua propriedade é considerado um ativo já que tem como objetivo estocar matéria-prima ou produto acabado que futuramente vai gerar venda. Já os espaços alugados em centros comerciais não são ativos pois não são de sua propriedade apesar de serem um instrumento de venda.

Os ativos ainda podem ser circulantes ou não circulantes.

Os primeiros transformam-se em capital real no prazo de até doze meses – por exemplo, o estoque; já o segundo tipo de ativos, não circulantes, torna-se receita em um período mínimo de doze meses – por exemplo, dívidas de clientes com prazo superior a 1 ano.

E o giro do ativo (GA)? O GA é um indicador financeiro que correlaciona a receita líquida de uma empresa com seus ativos. É ele que mostra quantas vezes o ativo da companhia girou no período analisado. Ou seja, a partir desse indicador é possível saber quantos reais são gerados de receita para cada real de ativo que a empresa possui.

O GA é um indicador de gestão pois demonstra a capacidade da organização de gerir seus ativos com o máximo de eficiência.

Como calcular o giro do ativo (GA)?

O cálculo do giro do ativo é realizado da seguinte maneira:

Giro do ativo (GA) = receita líquida / total médio de ativos

A receita líquida é o resultado do cálculo do faturamento bruto da empresa, subtraindo-se despesas relacionadas a devoluções, impostos sobre vendas e descontos comerciais. É possível encontrar esse valor no DRE (Demonstrativo de Resultados do Exercício) da companhia.

Já o total médio de ativos é a média em 12 meses de todos os ativos da empresa e pode ser encontrado no Balanço Patrimonial.

O cálculo é super simples, se uma empresa tem receita líquida de R$ 8 milhões e ativos médio de R$ 52 milhões, o GA será:

GA = 8/52 = 0,15

Como você pôde observar, sem o conhecimento mínimo dos relatórios contábeis de uma organização, não será possível calcular esse indicador.

Como analisar o giro do ativo (GA)?

O GA é utilizado basicamente em duas análises: comparar a evolução de desempenho de uma empresa ou compará-la com outras companhias do mesmo setor. Nos dois casos, quanto maior o valor melhor é o desempenho da companhia.

Para avaliar o desempenho de uma empresa durante um certo período basta fazer uma análise horizontal (ano vs ano). Se o indicador for crescente, concluímos que a empresa está mais eficiente com o passar do tempo.

Claro que a análise de uma empresa não pode ser tão simplista e baseada em uma única métrica. Pensemos na situação de uma empresa que faz um investimento de expansão de sua capacidade produtiva. A expectativa é que nos primeiros anos após esse investimento ser realizado o giro do ativo seja menor que em anos anteriores já que a empresa trabalhará com um grau de ociosidade dos seus equipamentos.

Além da análise de evolução de desempenho de uma empresa, também é possível realizar comparações entre organizações do mesmo segmento. Quer comprar ações na bolsa de valores de uma empresa do setor de energia, mas não sabe em qual investir? O GA pode te ajudar a decidir.

Porém, é importante ressaltar que essa comparação não deve ser realizada entre empresas de segmentos distintos. Isso porque os níveis de GA vão variar muito entre uma empresa de capital intensivo, como por exemplo a indústria, e uma empresa de varejo por exemplo.

Conclusão

Vimos a importância do giro do ativo para medir o desempenho da gestão financeira de uma empresa. Esse indicador mensura o quanto a empresa consegue gerar de receitas através de sua base de ativos. Mas, como dissemos, o giro do ativo depende bastante do segmento de mercado considerado.

Assim, as empresas buscam, de forma contínua, um giro do ativo crescente, o que significa sucesso do empreendimento. Os ativos são nada mais que todos os recursos que uma empresa tem para ampliar seu capital e seu faturamento.

Esperamos ter esclarecido a você o que é giro do ativo e como analisá-lo. Não deixe de se inteirar mais sobre gestão financeira, pois conhecimento é a chave para o sucesso de uma organização.

Quer aprofundar seus conhecimentos? Indicamos a você o curso de Gestão de Indicadores Financeiros da BCN Treinamentos. Neste curso você descobrirá como os indicadores financeiros são cruciais para garantir o bom gerenciamento de uma empresa e como essas métricas permitem que você tome decisões oportunas em seu empreendimento.

Sobre o autor

Carolina Ferreira Aleixo

Deixar comentário.

Share This