People Analytics aplicado a recrutamento e seleção
RH

People Analytics aplicado a recrutamento e seleção

-Gestao-de-Talentos-–-Selecao-Por-Competencias.
Escrito por BCN Treinamentos

Se você é gestor de RH e está buscando novas formas para conseguir processos seletivos mais ágeis, claros e objetivos, bem como uma melhoria na performance das equipes, você precisa conhecer o People Analytics

Por meio de algoritmos, ele pode auxiliar a empresa a tomar medidas mais precisas baseando-se em dados, tornando todos os processos da área de RH mais eficientes e assertivos.

Interessante, não? Porém, de acordo com dados da Bain & Company, apenas 4% das empresas estão aproveitando esses recursos.

E para ficar por dentro do assunto e sua empresa se juntar àquelas que sabem tirar vantagem dessa estratégia, elaboramos este texto. Acompanhe e saiba como o People Analytics pode ser usado em recrutamento e seleção.

1.O que é People Analytics

A adoção de analytics é uma realidade em todos os setores da economia e todas as funções das empresas podem e devem incorporar novas ferramentas tecnológicas para a obtenção de resultados cada vez melhores. E claro que o RH não poderia ficar de fora.

Mas antes de avançarmos, vamos começar definindo o que é o People Analytics. Pois bem, trata-se do processo de coleta, análise e organização de dados e informações sobre o comportamento dos funcionários, com o objetivo de facilitar as decisões dentro da empresa, antecipar cenários e aprimorar estratégias.

Todo esse material é organizado e apresentado por um especialista em análise, utilizando o Excel, linguagem de programação ou software específico de maneira que se torne fácil serem interpretados e entendidos pelos gestores.  

O People Analytics parte do princípio de que as pessoas são os recursos mais valiosos de uma organização e por isso é preciso compreendê-las a fundo, saber o que faz com que elas se sintam mais motivadas, produtivas e engajadas. 

Veja também: O que é People Analytics? Por onde começar?

Etapas de um estudo de People Analytics 

Primeiramente, são coletados as informações e os dados necessários. Eles podem vir de diversas fontes: redes sociais, de pesquisas realizadas dentro da empresa e com candidatos, currículos dos interessados, dos sistemas de gestão da organização, etc. Destacando que quanto mais variados forem os dados coletados, mais amplas e melhores são as suas possibilidades de análise.

Após a coleta é feita a análise dos dados de acordo com as respostas que você pretende obter. 

Por meio dos cálculos e cruzamento de dados e variáveis, é possível tomar as decisões envolvendo as questões analisadas com mais segurança, bem como descobrir novas tendências, lacunas, pontes fortes e problemas da sua equipe e da empresa como um todo.

É possível, por exemplo, pensar em maneiras de estruturar melhor a equipe, distribuir benefícios e programas de incentivo, reduzir os fatores de risco de turnover e até mesmo elaborar uma campanha de prevenção de resfriados, baseado na análise realizada.  

2. As vantagens da aplicação do People Analytics no recrutamento e seleção

Existem várias possibilidades de aplicação do material coletado pelo People Analytics, mas quando o assunto é recrutamento e seleção podemos apontar as seguintes vantagens:  

  1. Contratações mais alinhadas com as necessidades e objetivos da empresa: com isso é possível selecionar colaboradores com grande potencial para realmente fazer a diferença dentro da empresa.
  2. Otimização do tempo dos recrutadores: os profissionais de RH não terão de passar grande parte de seu dia analisando cada currículo enviado manualmente. 
  3. Análise de falhas nos processos: eventuais equívocos nos procedimentos de recrutamento e seleção podem ser detectados e solucionados de forma ágil pela sistematização das informações da organização. 
  4. Decisões estratégicas mais acertadas: com os dados sistematizados de maneira lógica e exata, a possibilidade de qualquer decisão baseada no “achismo” é reduzida. 
  5. Retenção de talentos: com o People Analytics as chances de fazer uma admissão assertiva são elevadas, pois o programa consegue avaliar quais os candidatos têm maiores chances de abandonar a empresa.

3. Como aplicar People Analytics no recrutamento e seleção 

O People Analytics otimiza os processos de seleção e mais, contribui para a contratação dos melhores talentos de acordo com o perfil e necessidades da vaga em questão e de toda a empresa. 

Nesse sentido, o RH pode, por exemplo, selecionar seus melhores colaboradores, criar um perfil ideal a partir deles e usar esse perfil como base para a seleção dos futuros colaboradores. Então,  o recrutador fará uma busca na internet  e conseguirá mais facilmente  encontrar potenciais colaboradores que se encaixam nesse perfil ideal para a vaga. 

Com isso o processo de recrutamento e seleção da sua empresa se torna mais eficiente, trazendo para o time interno pessoas que vão realmente ajudar a empresa a atingir as suas metas e objetivos.

Outras funcionalidades da ferramenta são:

  • Organização das hierarquias: ao mensurar o tamanho ideal de cada uma das equipes de trabalho da organização, é possível eliminar as posições e responsabilidades que não são necessária e assim, aumentar a produtividade.
  • Mensurar os hábitos e as ações de gestores: dessa forma, você consegue determinar os programas mais eficazes que devem ser aplicados para a promoção dos colaboradores.
  • Elaborar programas de benefícios e incentivos de forma mais atraente: isso potencializa a satisfação geral dos colaboradores, reduz a rotatividade e gera uma força de trabalho engajada e altamente motivada. 

Conclusão

No RH, a adoção do People Analytics vai além da análise de dados e pode gerar impactos positivos tanto para a gestão de pessoas como para os resultados das empresas. Porém, mais que o domínio das análises, desafios relacionados à cultura e aos processos de RH precisam ser bem endereçados pelos profissionais envolvidos com a atividade.

Nesse cenário, a BCN Treinamento apresenta o curso People Analytics Instrumental: o que fazer e como fazer People Analytics

Nele são apresentados os desafios gerenciais e técnicos para a aplicação prática do People Analytics. Através dele, os profissionais de RH poderão se direcionar estrategicamente e compreender como podem aplicar técnicas estatísticas e de machine learning desde os primeiros momentos de adoção do People Analytics.

O curso, ao vivo e totalmente online, tem como público-alvo profissionais de RH e de Gestão de Pessoas, analistas e interessados em aplicações de People Analytics no contexto corporativo.

Saiba mais em nosso site ou entre em contato com nossa equipe. 

Sobre o autor

BCN Treinamentos

Deixar comentário.

Share This